Logo… Teatro

Desenhar um logótipo para o Clube de Teatro da nossa Escola foi um dos desafios concretizados  na disciplina de Aplicações Informáticas B, do 12.º ano. A seleção coube a um júri constituído por elementos diversificados, coordenados pela Bibliotecária da Escola. 

Maria Vaz | 12.º B

O logótipo, realizado pela aluna Maria Vaz, do 12.º B, foi o escolhido, dentre de um conjunto de trabalhos muito criativos, o que dificultou  a tarefa do júri.



Aqui estão alguns dos muitos logótipos realizados pelos alunos:

Diogo Carvalho | 12.º A


Leonor Campos | 12.º D

Rafael Lima | 12.º A


Inês Lopes e Sara Oliveira | 12.º C

Catarina Correia | 12.º D

Inês Coelho| 12.º A


Elisa Cardoso | 12.º F


Daniela Barreiro | 12.º B

Catarina Correia| 12.º B


Iago Sarmento e Tiago Cardoso | 12.º E

Rita Brás e Sara Antunes | 12.º E

Ana Lea Monteiro | 12.º B

Maria João Fernandes | 12.º D


Beatriz Matos | 12.º A

Luís Costa | 12.º A



Inês Aires | 12.º B








O Broas

Prever, Prevenir e Proteger

Prever, Prevenir e Proteger, mitigando os riscos e promovendo a segurança, passa pela sensibilização de todos para a necessidade de conhecer e adotar medidas de autoproteção em caso de acidente e para a urgência de rotinar procedimentos de segurança, pelo que toda a comunidade educativa é corresponsabilizada no cumprimento das normas de segurança.
Após reajustar o Plano de Emergência às condições atuais da Escola (revisão do plano de evacuação, verificação da sinalética), foi realizado, dia 30 de abril, um Simulacro Evacuação Geral em Situação de Emergência” para exemplificar e rotinar atitudes a tomar durante uma evacuação de emergência e testar as novas portas de emergência (no 1.º piso e no 2.º piso).
Após a evacuação geral, houve uma reunião de avaliação com o objetivo de estabelecer um plano de ação de melhoria, tendo em conta as lacunas detetadas e concluiu-se que devemos continuar a investir na cultura de segurança para benefício de todos e de cada um dos elementos da comunidade escolar.


Olga Carvalho | Coordenadora do Plano de Segurança da Escola












O Broas

Reinventar a “Entrada” da Escola


O granito da fachada principal da nossa Escola foi colorido e embelezado pelos alunos que frequentaram a disciplina de Aplicações Informáticas B no 12.º ano. Com o recurso ao programa de edição de imagem Photoshop, criaram “entradas”  vanguardistas, que vale a pena admirar: Clica aqui


O Broas

Fazer brinquedos

Os alunos do 7.º A, utilizando como recursos o material eletrónico e elétrico, que as pessoas colocaram no ponto Eletrão, situado à entrada da Escola, construíram brinquedos diversificados e criativos.
A espécie de robô, aqui apresentada, é um dos exemplares desta atividade inserida no projeto Eco-Escolas.



O Broas

Direitos Humanos

Os Direitos Humanos são naturais (nascem connosco) e inalienáveis (ninguém os pode tirar) a todos os seres humanos, independentemente de etnia, género, nacionalidade, idioma, religião ou qualquer outra condição.

Neste contexto, os alunos da disciplina de Aplicações Informáticas, do 12.º ano, em articulação com o jornal O Broas, trabalharam esta temática fundamental.

Apresentamos alguns dos trabalhos,  dos muitos que foram realizados:


Bárbara Reis e Marta Lagoa |  12.º A


André Legoinha e Inês Coelho |  12.º A



Cristiana Silva e Elisa Cardoso | 12.º F

Diogo Fontainhas e Leonor Campos | 12.º D

Jorge Lousada e Maria João Fernandes | 12.º D

Catarina Moreira e Inês Guedes | 12.º F


João Costa e Mariana Santos | 12.º A


António Lopes e Mário Travassos | 12.º B


Diogo Carvalho e Tiago Lameirão |  12.º A






O Broas

A Literatura que me inspira

Os alunos de Português, dos vários níveis de ensino, foram desafiados a fazer trabalhos criativos inspirados em obras literárias estudadas na escola ou lidas em casa. Poderiam fazer desde pinturas, fotografias, passando por colagens ou outras formas criativas.

Vários foram os trabalhos entregues e expostos na semana dos “Dias das Línguas”, o que vem, mais uma vez, demonstrar o potencial criativo dos nossos alunos. São muitos os “artistas”, só precisam de alguém que os desafie e os ponha à prova e assim nascerão “obras valerosas”.


Astrid Silva | 10.º J
Astrid Silva | 10.º J

Letícia Pinto| 10.º C

Ana Daniela Barreiro | 12.º B
Catarina Seco | 10.º B

Inês Rainho | 7.º B
Elisa Cardoso | 12.º F




Maria Dias | 8.º D

Inês Coelho | 12.º A


















O Broas

Os Nossos Heróis: Ana Guedes


A natação apareceu na sua vida quando tinha apenas 4 anos de idade e nunca mais se separaram. Esta modalidade desportiva exige-lhe sacrifício, disciplina, muitas horas de treino, muitas piscinas feitas e a fazer, mas também a gratifica com o reconhecimento do mérito a nível nacional e internacional, muitas medalhas ganhas, algumas de ouro. As viagens, o conhecimento e convívio com outros nadadores do Mundo inteiro são, também, muito enriquecedoras.
Esteve presente, a representar Portugal, em países como a Hungria, Chipre, Colômbia, Geórgia. O último grande desafio foi no Rio de Janeiro, Brasil, onde no WCS ISF de Natação alcançou o:
1.º Lugar 50 metros mariposa
3.º Lugar 4x100 livres femininas
Esteve uma semana lá, do outro lado do Atlântico, dois dias de viagens, dois dias de treino e dois dias de provas e o resto do tempo livre foi para passear e conhecer um pouco desta grande metrópole.
A adaptação ao clima foi fácil porque lá é, nesta altura, inverno. Impressionou-a a beleza daquela Natureza pujante, luxuriosa, as cores vibrantes de pássaros e flores.
Impressionou-a a pobreza extrema: pessoas a viver debaixo das pontes, a multidão que pede nos semáforos, crianças de quatro, cinco anos, a fazer malabarismos em troca de algumas moedas para poderem comprar comida.
Os seus projetos futuros passam por tirar o curso de Gestão, na UTAD, para continuar a ter as mesmas condições desportivas na prática da Natação.


Obrigado por representares brilhantemente a nossa Escola!




O Broas
Powered by Blogger